O que visitar em Marrakech

Locais para visitar em Marrakech

Marrakech é uma cidade fascinante com imensos monumentos e museus para visitar. Em Marrakech vai encontrar muito mais do que a sua euforia e a vivência cultural das pessoas em si. É uma cidade histórica, com museus, monumentos, mausoléus, palácios e caravançarais.

Dito isto, há alguns lugares que você tem mesmo que visitar em Marrakech.

Se for a sua primeira vez na cidade, você pode estar interessado em contratar um guia para fazer uma visita guiada à Medina (a zona antiga da cidade que está dentro das muralhas). Estes guias de Marrakech são baratos e falam espanhol, inglês, francês e alguns também já falam português.

Há muito para ver e visitar em Marrakech, lugares monumentais construídos pelo homem ou que a natureza plantou nesta cidade de Marrocos.

Mas para quem gosta também de fazer parte da cidade que está a visitar e quer também saber o que fazer em Marrakech para o tornar praticamente um habitante honorário, há uma série de actividades que o poderão ajudar. Vamos aproveitar a cidade ao máximo.

Impressionante Marrakech…

Top 7 Monumentos de Marraquexe

1- Madrassa Ben Youssef

Madrassa Ben Youssef: Esta faculdade islâmica do século XII em Marrakech foi mandada construir pelo sultão Ali ibn Yusuf de Marrocos. Hoje é um museu que pode ser visitado. Os interiores são maravilhosos todos decorados e uma arquitectura espantosa.

2- Mesquita da Koutoubia

Mesquita da Koutoubia: Sem dúvida o monumento mais famoso e mais fotografado de Marraquexe. A Mesquita Koutoubia foi construída no século XII e serviu de modelo para a Giralda de Sevilha e da Torre Hassan em Rabat.

3- Palácio Bahia

Palácio Bahia: Este lindo palácio do século XIX extravagante construído para ser o melhor de Marrakech. Este palácio tem um enorme jardim, um pátio central e várias salas incrivelmente decorados com trabalhos de artesãos que vieram de propósito da cidade de Fez para trabalhar.

4- Jardim Majorelle

Jardim Majorelle: Este é o único jardim botânico de Marrakech. Ele foi projectado pelo artista Jacques Majorelle e pertence a Yves Saint-Laurent e Bergé Pierre desde 1980. Você pode desfrutar de um maravilhoso jardim com flores exóticas de vários lugares do mundo.

5- Túmulos Saadianos

Túmulos Saadianos: Estes túmulos do século XVI foram mandados construir por Ahmad al-Mansur e há mausoléu os corpos de cerca de 60 membros da Dinastia Saadiana original do vale do Rio Draa mais ao sul do país. Curiosamente os túmulos só foram encontrados em 1917. Estes túmulos é um dos monumentos mais visitados de Marrakech.

6- Jardim La Menara

Jardim La Menara
Jardim La Menara

La Menara: Este jardim de Marrakech está localizado a 2 km da Praça Praça Jemaa el-Fna e é o local favorito dos Marrakchis para uma caminhada de domingo à tarde. Estes jardins foram construídos no século XII, mas a presente construção remonta ao século XVI.

7- Palácio El Badi

Palácio El Badi
Palácio El Badi

Palácio El Badi: Este palácio foi construído em finais do século XVI a mandato do sultão Ahmed al-Mansour para comemorar a derrota dos portugueses em Wed al Makhazín (a famosa Batalha dos Três Reis). Local muito bonito e cheio de história.

Locais mais importantes para visitar em Marraquexe

A Praça Jemaa el-Fna está incluida na lista de Património Mundial da UNESCO. A Praça Jemaa el-Fna é a parte mais importante da cidade, sendo o centro da vida pública dos habitantes de Marrakech.

O Madraçal de Ben Youssef é o maior e mais importante de todos os madraçais em Marrocos. Nesta escola islâmica chegaram a estudar 900 alunos.

As Tumbas Saadianas são um dos lugares mais visitados em Marrakech. É um pequeno cemitério onde estão enterrados os reis da dinastia Saadi de Marrocos.

O Souk de Marrakech é onde os marroquinos vão às compras e onde os comerciantes tentam fazer negócios com os turistas.

A Mesquita Koutoubia é a maior mesquita em Marrakech e foi um dos maiores do mundo quando foi construído.

O Palácio Bahia foi construído no final do século XIX com o objetivo de ser o palácio mais impressionante de todos os tempos e de todos os reinados marroquinos.

O Palácio Badi é um local muito bonito. Apesar de hoje apenas restarem ruínas deste palácio, a verdade é que é o suficiente para se ter uma idéia da grandeza que o tornou “O Incomparável”.

Museus de Marraquexe

O Museu de Marraquexe é um local imperdível durante uma visita à medina de Marraquexe. Embora a sua coleção permanente seja de pouca importância, a sua localização num antigo palácio do final do século XIX, faz com que uma visita a este museu valha a pena.

O Museu Dar Si Said é oficialmente chamado de Museu de Artes de Marrocos, é o museu mais antigo e maior de Marraquexe.

A Dar Tiskiouine é uma casa estilo árabe-andaluz, do emblemático historiador holandês e expert em arte tradicional marroquina, Bert Flint que criou um espaço com uma exposição permanente sobre a história das trocas comerciais antigas.

Parques e Jardins de Marraquexe

O Jardim Menara têm acompanhado a cidade desde os seus tempos antigos e é um dos lugares mais visitados da cidade.

Os Jardins Majorelle, embora menos conhecidos, são dos mais bonitos e coloridos jardins da cidade. Tem ainda o Museu Islâmico que se pode visitar em Marrakech.

O Palmeiral de Marrakech conta com mais de 130.000 palmeiras. O palmeiral é um lugar muito especial e um motor económico para a cidade.

Ainda a não perder é a parte nova de Marraquexe na zona de Guéliz e Hivernage. As grandes Avenidas Mohamed Mohamed V e VI têm muitas lojas, restaurante e cafés.

O que fazer em Marrakech

Ir ao cinema na Avenue du Prince.

Assistir ao espectáculo no Chez Ali.

Andar de balão de ar quente.

Ir ao Hammam marroquino.

Sentar-se com os músicos na Praça Jemaa el Fna (cuidado com a carteira).

Regatear e comprar um tapete berbere.

Beber um sumo de laranja acabado de espremer.

Escutar o Almuadem do anoitecer desde o topo do terraço de um riad (casa de hóspedes).

Seja qual for a sua decisão para aproveitar o seu tempo em Marrakech, lembre-se de fazer parte da cidade enquanto lá estiver. Seja menos turista e mais marroquino. Não tenha receio de se misturar com a população e dialogar com as pessoas. Elas vão perceber que é estrangeiro mas que está respeitosamente interessada em perceber o modo de vida marroquino e vão respeitá-lo por isso.

Agora, sim. Podemos dizer que fomos a Marrakech e fomos marroquinos por uns dias ou vimos um lado da cidade que poucos tiveram oportunidade de visualizar.

O que não fazer em Marrakech

Algo que não deve fazer em Marrakech ou em qualquer outro lugar do mundo é esquecer-se que está num lugar estranho. Aja com o mesmo bom senso que teria na sua terra.

Andar de camelo em Marrakech é outra actividade que não faz muito sentido fazer dentro da cidade pois há vários oportunidades de fazer uma pequena excursão de camelo no palmeiral para admirar o pôr-do-sol e também junto ao Jardim Menara. Para além disso, a experiência tomará outra dimensão se a tiver mesmo nas dunas, quando fizer a sua excursão ao deserto de Marrocos.

Andar de coche pelas ruelas da antiga medina de Marrakech também não faz grande sentido. O passeio a pé é muito mais agradável e o abuso de animais para lazer é uma prática cruel e que deve ser evitada.