Bab Doukkala e Gueliz

A multidão de pessoas é sem dúvida o elemento mais marcante da Bab Doukkala. Junto à estação de autocarros (ônibus), milhares de pessoas e viajantes temporários a acotovelarem-se uns aos outros para tentarem passar entre uma confusão de motas, carroças de mercadoria, motas, táxis e burros de carga.

O vibrante barulho dos motores dos inúmeros autocarros e táxis marcam a fronteira entre a medina e a cidade nova. Fora das muralhas encontramos então a moderna cidade de Gueliz, europeia de carácter, construída durante os anos do protectorado francês. Aqui e durante a hora de ponta, engarrafamentos param por completo a enorme Boulevard Mohammed V.

Lojas de marcas europeias, cafés com esplanada, escritórios e edifícios governamentais fazem desta parte de Marraquexe um local bem diferente do que estamos habituados na medina antiga.

Top 3 a não perder:

  1. Jardim Majorelle
  2. Mesquita Bab Doukkala
  3. Tarafa Riad

Restaurantes:

  • Catanzaro: Rue Tarik Ibn Ziyad. Segunda a Sábado do meio-dia às 14:30 e das 19:30 às 23h.
  • Rôtisserie de la Paix: 68 Rue de Yougoslavie. Todos os dias do meio-dia às 15h e das 19 às 23h.
  • Bagatelle: 101 Rue de Yougoslavie. Quinta a Terça-feira do meio-dia às 15h e das 19:30 às 22:30.
  • Al Fassia: 232 Boulevard Mohammed V. Todos os dias do meio-dia às 14:30 e das 20h à meia-noite.
  • La Trattoria di Giancarlo: 179 Rue Mohammed V. Todos os dias das 7:30 às 23h.

Cafés e Casas de Chá:

  • Al Jawda Pâtisserie: 11 Rue de la Liberté. Todos os dias das 8h às 20:30.
  • Al Jawda Salon de Thé: 84 Boulevard Mohammed V. Todos os dias das 8h às 20:30.
  • Amandine: 177 Rue Mohammed el Beqal. Todos os dias das 7h às 21h.

Hammam:

  • Dar el Bacha: 20 Rue Fatima-Zohra. Todos os dias – homens das 6h ao meio-dia, mulheres do meio-dia às 19h. O mais famoso hammam na cidade de Marraquexe. Com uma cúpula de 6 metros de altura, com enormes salas frias, mornas e quentes. Massagem por 30 dirhams.
  • Hammam Salama: Avenue Moulay Abdallah / oposto ao mercado de tâmaras. Todos os dias das 6h às 22h. Há duas alas separadas para servir homens e mulheres ao mesmo tempo. Massagem e gomagem por 65 dirhams.

Cinema:

Le Colisée: Boulevard Mohammed Zerktouni. Todos os dias 15h, 19h, 21h. O mais famoso cinema de Marraquexe tem um elegante auditório com filmes recentes europeus e árabes. O bilhete custa 35 dirhams.

Atracções e Monumentos:

Tarafa Riad

Tarafa Riad: O Departamento dos Assuntos Culturais está situado numa das alas do palácio do Pasha el Glaoui, um poderoso governante de Marraquexe durante o tempo do protectorado francês. À volta de um enorme pátio com algumas laranjeiras, há uma série de quartos de recepção de convidados, convertidos em escritórios decorados com lindos azulejos, estuque esculpido, e tectos de madeira de cedro talhados com enorme requinte.

Info: Rue Dar el Bacha. Segunda a Sexta-feira das 8:30 às 11:45 e das 14:#0 às 17:45.

Bab Doukkala

Bab Doukkala: Ladeado por duas enormes torres, esta antiga porta de saída da cidade foi construída durante o século XII pelos almorávidas. Foi chamada de Doukkala pelo nome das tribos que ainda hoje vivem no planalto de Doukkala. Desde a Porta Bab Doukkala siga pela Rue Bab Doukkala até à Route Sidi Abdelaziz (vire à esquerda antes da Mesquita Bab Doukkala). No cruzamento da Avenue El Glaoui com o Dar el Bacha, siga em frente ainda pela Route Sidi Abdelaziz até à Rue Mouassine onde vira à direita para seguir em frente até à Praça Jemaa el-Fna passando pela Mesquita Mouassine, Rue Fehl Chidmi e Souk Laksour.

Mesquita Bab Doukkala

Mesquita Bab Doukkala: Encimada com quatro esfersa de ouro, o minarete desta mesquita tem um padrão elegante e motivos verdes. Foi mandada construir em 1558 por Lalla Massaouda, a mãe do sultão saadiano Ahmed el Mansour. Além disto há ainda a magnifica fonte Sidi el Hassan, com uma pequena piscina encimada por três cúpulas.

Info: Rue Bab Doukkala. Entrada interdita a não-muçulmanos.

Jardim Majorelle

Jardim Majorelle: Estes soberbos jardins estão plantados com exuberantes buganvílias, hibiscus, palmeiras, oliveiras, roseiras, bambus, papiro e nenúfares, tal como outros diferentes tipos de vegetação exótica. No coração de tudo, as cores fortes do edifício desenhado ao detalhe. Esta era a casa do artista francês Jacques Majorelle, que veio para Marrocos nos anos 1920. Ele ficou a morar em Marraquexe e criou este jardim. Depois da morte do artista em 1962, o jardim ficou ao abandono, mas graças à iniciativa de Pierre Bergé e Yves-Saint-Laurent, foi tudo renovado e restaurado.

Info: Todos os dias das 8h ao meio-dia e das 13h às 19h. Site.

Museu de Arte Islâmica

Museu de Arte Islâmica: Situado dentro do colorido estúdio Art Deco do Jardim Majorelle, está a colecção privada de objectos de arte islâmica de Piere Bergé e Yves-Saint Lauren. Dos vários objectos em exposição saltam à vista várias portas de madeira do sul de Marrocos, tapetes de Tazenakht, Rabat, Chichaoua e Azemmou, cerÂmica de Fes do século XVIII, jóias berberes, cintos de seda das Montanhas do Rif, arcas de casamento talhadas em madeira de cedro. Num dos pequenos quartos estão reproduções de pinturas feitas por Majorelle retratando o sul de Marrocos.

Info: Todos os dias das 8h ao meio-dia e das 13h às 19h. Site.

Mercado Coberto Central

Mercado Coberto Central: vários corredores com bancas de frutas e vegetais, talhos com exposição de grandes nacos de carne pendurados à vista, e lojas com especiarias ou jarros de pickles. Uma mistura de cheiros e multidões, toneladas de azeitonas de todas as cores, e simpatia dos comerciantes.

Info: Boulevard Mohammed V / Rue de la lIberté. Segunda a Quinta-feira e Sábado das 8:30 às 13:30 e das 16h às 19h.

Praça Abdel Moumen ben Ali

Praça Abdel Moumen ben Ali: O coração da moderna cidade de Gueliz, com a sua viva e barulhenta praça com o constante passar de carros, bicicletas, motas e carroças. Muitos habitantes vêm ao inúmeros cafés desta zona para beber um chá, conviver e ler o jornal diário.

Posted on: janeiro 10, 2019Marraquexe.Net